Rockin the Suburbs

The mp3 is now working (click below). Also, I just added my “”audio/gear.php">gear" section. Updated as I spend obscene amounts of cash on guitar equipment

  1. Amaro says:

    c1gua que da vida a vidaAutor poetaRaimundo Nonato da SilvaTem gente que estrf3i e1guaCom esgoto e lava jatoNingue9m faz eoconmiaE vocea oh homem ingratoTalvez um dia procureO que jogaste no matoEste3o secando as jazidasEla um dia se esgotaPorque de onde se tiraE a gente nunca botaTermina sentindo faltaE vea que foi idiotaA e1gua doce ou salgadaQuem poder herdar que herdeTalvez o homem malvadoA si mesmo se deserdeAgente sf3 sente faltaDo que e9 bom quando perdec1gua que o bombeiro usaE apaga inceandio e chamaCria aves e animaisDa vida a rosa e a ramaA natureza deveriaAlgemar quem te derramac1gua que desce das nuvensE cai no leito da terraDa vida as e1rvores e as floresRenova o verde da serraApague o fogo das armasQue se3o usadas na guerrac1gua que enfeita os riosOs lagos e oceanosRegue todos vegetaisMate a cede dos humanosc1gua e9 fonte cristalinaDos poderes soberanosManancial que transbordaE faz verter e1gua friac1gua que hidrata a genteTransforma-se em energiaNe3o vou te gastar de maisPra ne3o me faltar um diaA e1gua que todos gastamBreve podere1 faltarEla serve pra beberPra lavar e cozinharc9 uma pena que os homensNe3o queiram lhe preservarSe eu fosse o presidenteFazia uma coisa boaProtegia mata e rioIlha, mar, lago, e lagoa.E dava prise3o perpetuaPara quem gasta e1gua a toaComo um poeta que estudaEu aprendi meu rapazO ar a e1gua e o soloSe3o recursos naturaisEla e9 quem da vida aos homensAnimais e vegetaisEu queria ser a fonteQue tem e1gua cristalinaPra brilhar igual a ouroMesmo transparente e finaE tambe9m saciar a cedeDos pe1ssaros le1 da campina Je1 vejo fome e calorMuita e1gua polueddaJardins e campos sem floresE a vegetae7e3o despidaAs e1rvores secas sem folhasE os homens sem escolhasNa natureza sem vida

Post a comment

Name or OpenID (required)


(lesstile enabled - surround code blocks with ---)